11 de mai de 2010

Foi como se atrás da porta
houvesse uma ladeira onde passava
um trem com vagões descarrilhando
no exato momento em que eu não tinha mais
nenhum dos meus poderes

e a única alternativa seria
colocar o pé na frente
de uma criancinha que passava correndo
feliz com um sorvete na mão

É melhor te deixar pra lá.