3 de dez de 2010

Eu, quebra-cabeças

Sou um quebra-cabeças incompletável
Dei a cada um que passou pela minha vida
uma peça dessa montagem

Alguns ainda as guardam consigo
outros as descartaram após terem perdido a importância
e há ainda os que nunca perceberam o que lhes fora dado

As indecisas peças que ainda restam
dormem numa caixa, numa gaveta de uma sala escura
Não as acorde assim, tão abruptamente