24 de dez de 2012

- Tenho esse livro. Não sei onde está porque nem sempre os livros voltam, mas sempre ficam.

12 de dez de 2012

Sem título

Olhei a minha volta
E vi a melancolia
Que já não era mais só minha
E não via o que existia atrás dos murais
- Ei, veja a assinatura no verso do quadro

30 de out de 2012

Sem título

Joguei todas as iscas que tinha no bolso
tentei te pescar mas só sobrou o encanto
nesse mar de amor e alvoroços

Joguei todas as fichas que podia apostar nesse jogo
blefei o quanto pude nesse mesa de cartas marcadas e razão sem juízo
Ouro de tolo

Os olhos dele tinham o desespero encantador
de quem tem urgência e esperança
Sábios são os outros

Corre, vai pra pra casa antes que chegue a tempestade
Vem que o chocolate quente te espera
na mesma xícara de antes


17 de out de 2012

Inacabado

As estrelas dos teus olhos estarão comigo
para iluminar os caminhos que devo percorrer
mesmo que seus olhos já não me acompanhem
Porque algumas pessoas, quando partem
deixam seu brilho presente

11 de out de 2012

3 partes

I

se do te querer levaste embora
toda a parte lastimável que passou
o que sobra nos rabiscos de hoje
era a mágoa que se afogou nesse copo

II

corre e procura quem te espera
não tatue paixões
ame como os marinheiros
não busque significados
busque os significados
não fuja do machado dos motivos

III

corre para quem te espera
vá e ame calmamente e com pressa

7 de set de 2012

Achar-se e perder

A gente perde apostas todos os dias. Perdemos apostas contra nós mesmos, inclusive. Perdemos apostas que nem sabemos ter apostado.
O grande benefício da coisa pode ser justamente não nos darmos conta disso, talvez signifique que não ligamos tanto assim para as perdas, estamos finalmente aprendendo algo.

21 de ago de 2012

No meio do deserto
olhou para o seu sorriso
e viu seu abraço
Não se sabe se era miragem
mas foi por isso que conseguiu continuar até o fim

21 de jul de 2012

Serenatas

Acreditou num bombom só porque estava escrito "não desista de quem te faz sorrir". Acreditou como quem acredita em anjos. 
Foi a partir desse dia que passou a dar valor ao seu próprio riso e sua capacidade de despertar o sorriso dos outros: talvez houvesse alguém que tenha acreditado no mesmo bombom.
Acreditou num bombom, ainda que não acreditasse em anjos.

16 de jul de 2012

O que sobrou dos dias


Náufrago ou não
Desconhecia se estava à deriva
esperando por um barco de resgate
ou se era um passageiro a espera da embarcação
que conduzirá a novos destinos
Sem saber de nada, 
não tem ideia se está num bote salva-vidas pós naufrágio
ou se sua pequena embarcação está ali a espera de bons ventos
para continuar sua jornada

De acordar sem saber se ainda estava dormindo
o pesadelo já tinha acabado?

30 de jun de 2012

Volta

Assim você dizia

Eu acreditava e sorria

Sem questionar se mentia

Porque meu coração batia

Na mais completa euforia

E não me importava se doía

Pelo bem que me fazia

16 de jun de 2012

Canções de marinheiro



Teus mares navego
há um porto a boreste
aventuras a bombordo
e um belo sol nascendo ao leste


15 de jun de 2012

Suburbano

Um coração suburbano
nem sempre quer uma vista pro mar
na maioria das vezes
uma casinha simples e confortável serve
se sentir que é seu lar

Mas por favor não confunda

um coração suburbano com algo cafona ou de segunda classe
porque o subúrbio dos sentimentos
é onde a área nobre da vida nasce

28 de abr de 2012

1 de abr de 2012

Âncora

Minha vida é este barco que navega ao redor da ilha dos meus princípios
Você é minha âncora
Nas vezes em que a correnteza tenta me levar pra longe
ou quando eu mesma penso em desistir e ir embora,
você me segura forte e suave
Meu porto seguro nos momentos em que não há onde aportar

14 de mar de 2012

Vermelho

Pessoa
do tipo que não se entrega fácil
que luta, que corre e corre da luta
do tipo que queria ser forte
mas que se desmonta
e entrega os pontos de graça
só bastando o seu sorriso

do tipo que não resiste.

13 de mar de 2012

Sedex

Pode acontecer
de o carteiro bater na sua porta
Caso você não esteja,
por três vezes ele retorna


A caixinha é pequena
mas grande o bastante pra caber
todo sentimento que eu tenho por você

Sobre o tempo II

E o tempo passou por eles tão rápido 
que nem percebiam o que estava acontecendo. 
Quando viram, já era tarde.
E só quando já era tarde é que foram reparar no tempo.

6 de mar de 2012

Foi


Não existe desmorder,
nem desmerecer
Logo, penso eu,
que se mordeu,
mereceu

14 de fev de 2012

12 de fev de 2012

Gênesis

No princípio era o verbo
E o verbo se fez abraço
Ele era forte e quente


E o abraço se fez beijo
e habitou no meio de nós

4 de fev de 2012

Dois raios

e dito isso
já não foi preciso dizer outra coisa, 
as poucas palavras bastaram
não se escutava mais o silêncio

30 de jan de 2012

Tubo de ensaio

Puxar essa angústia com as mãos
e arremessar tudo no seu sorriso
como se numa explosão de ódio
Arrancar esse amor incubado
essa coisa que parece um vírus

24 de jan de 2012

Dia ze pan

Sono, meu amigo
espero estar contigo
o mais breve possível
Embora aparentemente
nos últimos tempos
você tenha me evitado,
nos nossos encontros diários
tenho certeza que sou feliz a seu lado

1 de jan de 2012

janeiro

ele tinha todas as letras tatuadas pelo corpo
juntas formavam versos bonitos
cifrados e desconexos


eu sabia ler
gostava dos enigmas
das estrofes sarcásticas


eu te li por inteiro