30 de mai de 2009

Creep I

Não importa onde eu vá
é sempre eu e você
nas flores do caminho
nas pedras do caminho

As músicas no rádio
e até a lista telefônica
os filmes e os livros
me levam pra você

Fiquei sem respirar
por vários meses
e agora, finalmente,
o ar está de volta
leve como se fosse serrano