17 de mai de 2009

Dezesseis do cinco

Sentada na areia da praia
o vento embaraça meus cabelos
a maresia está no ar frio
as ondas quebram nas pedras do Forte
e tudo o que eu queria agora
era a sua mão forte envolvendo meus dedos magros.