31 de jan de 2009

O meu pobre coração,
bobo,
quis brincar de amores impossíveis com você.
Caiu.
Tentou ir em frente
retirando as pedras do caminho.
Tropeçou.